Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Rui Rio acalma distritais do PSD

Comissão política aprova conselho estratégico nacional.
Salomé Pinto 29 de Março de 2018 às 08:29
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio
Depois da tempestade, o presidente do PSD, Rui Rio, aguarda pela bonança dentro do partido. Foi com esse objetivo que esta quarta-feira se reuniu pela primeira vez com os presidentes das distritais.

Neste encontro, Rio apresentou as linhas orientadoras do novo Conselho Estratégico Nacional (CEN) - uma espécie de 'governo sombra' no qual estão os porta-vozes e coordenadores do partido, aprovado horas antes pela Comissão Política Nacional. Uma jogada que pretende apaziguar a turbulência interna pós-congresso.

"Como acontece nas turbulências dos aviões, seguem-se logo depois períodos de maior calma e estabilidade", disse ao CM Carlos Peixoto, presidente da Comissão Política da distrital da Guarda, à entrada da reunião com Rui Rio. E acrescentou: "Não tenho dúvidas que os presidentes das distritais sairão daqui com um sentimento mais coeso e de entrega ao partido e com a ideia de que o nosso adversário não está dentro do partido mas lá fora".

No encontro, Rio não apresentou ainda os nomes dos futuros coordenadores e porta-vozes do CEN, que falarão em nome do partido e terão como missão produzir o programa eleitoral do PSD em 2019.

Mantêm-se as 16 áreas temáticas previstas para o órgão que será presidido pelo vice-presidente David Justino.

PORMENORES
José Silvano ratificado
O nome do ex-autarca José Silvano foi ontem ratificado pela Comissão Política Nacional do PSD como substituto de Feliciano Barreiras Duarte no cargo de secretário-geral.

Feliciano foi "excesso"
Rui Rio considerou ontem que a demissão de Feliciano Barreiras Duarte foi "um excesso" que prejudicou o ex-secretário-geral e o próprio PSD.

Última aprovação
De acordo com os estatutos do PSD, José Silvano, que já está em funções desde 19 de março, terá ainda de ser eleito no Conselho Nacional marcado para dia 3 de abril, no Porto.
Ver comentários