Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Rui Rio diminuiu dívidas da Câmara

As contas da Câmara do Porto relativas a 2007 foram ontem aprovadas e com os votos a favor da maioria PSD/CDS.
16 de Abril de 2008 às 00:30
Os bons resultados financeiros de Rio são admitidos por todos
Os bons resultados financeiros de Rio são admitidos por todos FOTO: Lusa

Segundo o presidente da Câmara, Rui Rio, 'a situação financeira da autarquia é positiva', embora, pessoalmente, considere que 'era bom ir um pouco mais longe'. O autarca salientou a redução da dívida aos fornecedores, afirmando que a autarquia deve agora apenas 'seis milhões de euros', quando, em 2006, esse valor era de 19 milhões.

A autarquia terminou o ano de 2007 com uma dívida total de 177,2 milhões de euros, o que representa um decréscimo de cerca de 20 milhões relativamente ao final de 2006.

ABSTENÇÃO PS

O PS absteve-se e a CDU votou contra, considerando ambos os partidos que para os 'bons resultados' obtidos se sacrificou o investimento. O socialista Francisco Assis defende o 'estabelecimento de parcerias' para colmatar o 'défice' de investimento. 'Em relação ao bolo que se confeccionou, ele é bom, mas o problema é que é pequeno face às necessidades do município', sublinhou .

Já Rui Sá, da CDU, criticou o facto de 'cada vez mais a actividade da Câmara ser desenvolvida pelas empresas municipais. E mostrou-setambémpreocupado com o facto de o conjunto das dívidas a fornecedores por parte das empresas municipais 'ser superior à dívida do próprio município'.

Por outro lado, Rui Sá considera que a situação do Teatro Rivoli é ainda preocupante, uma vez que 'custou 404 mil euros aos cofres da Câmara', que, em sete meses, apenas recebeu de receita 115 mil euros. 'O que é pago pelo senhor La Feria não chega para pagar metade das despesas de manutenção', frisou Sá.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)