Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Rui Rio diz que ADSE "mal gerida" levou a abusos dos privados

Líder laranja aponta práticas “não aceitáveis” na prestação de serviços por parte de entidades privadas.
João Maltez 25 de Fevereiro de 2019 às 09:56
A carregar o vídeo ...
Líder laranja aponta práticas “não aceitáveis” na prestação de serviços por parte de entidades privadas.
O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou ontem, em Coimbra, que tem havido ao longo dos anos abusos "não aceitáveis" dos privados em relação à ADSE, que se devem à má gestão do subsistema de saúde dos funcionários públicos.

"Esses abusos devem-se fundamentalmente a uma ADSE mal gerida", disse o líder laranja aos jornalistas, à margem dos trabalhados da Academia Calvão da Silva, uma iniciativa da JSD. Rio defendeu ainda que aquele subsistema tem de ser melhorado ao nível dos custos.

Momentos antes, no fecho do encontro dos jovens sociais-democratas, o presidente do PSD deixou aquela que afirmou ser a mensagem "mais importante" de todas: "Também se serve o País na oposição."

"Não é porque se está na oposição que se tem de dizer mal de tudo relativamente ao Governo no exercício de funções. Porque a seguir há uma troca, vão para lá os outros e acabam a fazer coisa parecida", disse Rio, numa indireta a quem o tem acusado de fazer uma oposição "frouxa".

O líder laranja mostrou-se ainda "disponível para fazer reformas estruturais com os outros" partidos em anos não eleitorais, porque estar na oposição é "apoiar o que se deve apoiar".

E também "criticar aquilo que o Governo faz mal", adiantou, para depois apontar a alegada falta de coerência do Executivo na guerra com os enfermeiros: o primeiro-ministro diz que há espaço para negociar uma nova carreira, o ministro das Finanças contradiz ao afirmar que "não há margem para mais despesa".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)