Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Rui Rio eleito líder parlamentar com seis votos brancos e dois nulos

Presidente do PSD foi eleito líder parlamentar do partido com 89,87% dos votos.
Janete Frazão 7 de Novembro de 2019 às 08:56
Rui Rio, recandidato à liderança do PSD, já afirmou que quer dirigir a bancada só até ao próximo congresso do partido
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio, recandidato à liderança do PSD, já afirmou que quer dirigir a bancada só até ao próximo congresso do partido
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio, recandidato à liderança do PSD, já afirmou que quer dirigir a bancada só até ao próximo congresso do partido
Rui Rio
Rui Rio
Rui Rio foi esta quarta-feira eleito líder parlamentar do PSD com 89,87% dos votos, tendo-se registando seis votos brancos e dois nulos.

O presidente social-democrata concorria sem oposição ao cargo, mas acabou por encontrar oposição da própria bancada na hora de ir às urnas: votaram os 79 deputados do PSD, tendo 71 votado ‘sim’, seis em branco e dois nulo.

Face a esta votação, Rio irá substituir no cargo Fernando Negrão, eleito a 22 de fevereiro de 2018, com menos de 40% de votos favoráveis, numa legislatura em que o PSD tinha 89 deputados.

O anterior líder parlamentar, Hugo Soares, tinha sido eleito em julho de 2017 com 85,4% de votos, correspondentes a 76 votos favoráveis, 12 votos brancos e um nulo.

Ainda antes de Hugo Soares, Luís Montenegro exerceu funções de líder parlamentar do PSD desde junho de 2011, quando foi eleito com 86% dos votos, tendo sido sucessivamente reeleito em outubro de 2013, com 87% dos votos, e em novembro de 2015, com quase 98% dos votos, sempre sem oposição.

Rui Rio, que é recandidato à presidência do PSD, já disse ter a intenção de dirigir a bancada apenas até ao próximo congresso, marcado para fevereiro do próximo ano.

PORMENORES
Congresso agendado
O 38º Congresso do PSD vai realizar-se em Viana do Castelo entre os próximos dias 7 e 9 de fevereiro, depois de a última reunião magna dos sociais-democratas, em 2018, ter acontecido em Lisboa.

Eleições a 11 de janeiro
A eleição do presidente do PSD tem lugar a 11 de janeiro, com uma eventual segunda volta no dia 18. O prazo para a entrega de candidaturas à liderança do PSD termina às 18h00 de 30 de dezembro. Estas têm de ser subscritas por um mínimo de 1500 militantes com capacidade eleitoral.
Rui Rio PSD Hugo Soares política partidos e movimentos parlamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)