Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Rui Rio recusa cargo em eventual Governo

Rui Rio afastou esta terça-feira a possibilidade de ocupar um cargo político quando terminar o seu mandato de presidente da Câmara Municipal do Porto, afirmando que espera "ter uma vida mais bem paga e mais tranquila".
31 de Maio de 2011 às 19:34
Rui Rio não pretende integrar eventual Governo do PSD
Rui Rio não pretende integrar eventual Governo do PSD FOTO: Joana Neves Correia

O autarca esteve ao lado do presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, na baixa de Coimbra, durante uma acção de campanha para as legislativas de 5 de Junho. Questionado pela comunicação social se admite ser ministro de um futuro governo do PSD, Rui Rio respondeu que vai "cumprir o mandato até ao fim" e que depois verá o que vai fazer profissionalmente.  

Perante a insistência dos jornalistas em saber se não colocava de lado a hipótese de integrar um ministério depois de sair da Câmara do Porto, Rui Rio afirmou: "Em princípio, quando sair da Câmara espero ter uma vida mais bem paga e mais tranquila".  

Antes, foi o presidente do PSD a ser questionado sobre a vontade de ter Rui Rio como ministro do seu Governo se ganhar as eleições de domingo. "O doutor Rui Rio é um grande militante do PSD. Já no passado fez uma  opção que orgulha muito o PSD, que foi ter ganhado a Câmara do Porto, que é uma das câmaras mais importantes do país. Está no seu último mandato e tenho a certeza de que vai dar muito a Portugal", respondeu.

Passos Coelho reforçou que "Rui Rio vai dar muito a Portugal ainda" e acrescentou que "o PSD não deixa os seus melhores de fora", mas recusou falar do Governo que pretende formar, "porque primeiro é preciso ganhar as eleições".

rui rio porto câmara psd passos coelho coimbra governo eleições
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)