Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Saída na Administração Interna

O Inspector-Geral da Administração Interna, Rodrigues Maximiano, pediu para abandonar o cargo dois dias antes das eleições, segundo o ‘site’ Portugal Diário. O gabinete do ministro da Administração Interna esclarece que a cessação de funções já terá sido publicada em Diário da República.
23 de Fevereiro de 2005 às 00:42
Maximiano é procurador-geral adjunto do Ministério Público e terá sido jubilado recentemente, motivo pelo qual terá apresentado “requerimento para cessação de funções”. A sua terceira comissão de serviço terminava sábado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)