Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

SAMPAIO PREOCUPADO COM A FILHA

O Presidente da República está preocupado com a situação em Timor-Leste e considerou ontem que se registaram “graves excessos” durante os ultimos dois dias. No final da visita oficial a Grécia, o chefe de Estado esteve a acompanhar os desenvolvimentos do caso e mostrou-se esperançado de que a normalidade seja reestabelecida no país onde está neste momento a sua filha Vera.
5 de Dezembro de 2002 às 00:00
“Os telemóveis são uma grande invenção”, refere o chefe de Estado quando instado pelos jornalistas sobre o facto de Vera Sampaio se encontrar no território a trabalhar para o Alto Comissariado das Migrações.

Sampaio garante que já falou com a filha e que ela está com as tropas portuguesas juntamente com outros concidadãos. “É uma portuguesa igual aos outros”, refere o Presidente, para quem a prioridade das forças de seguranca nacional é garantir a seguranca dos portugueses. “Os portugueses estão protegidos”, sublinha.

Vera Sampaio, 25 anos, formou-se em Direito e decidiu ir para Timor-Leste muito recentemente. Segundo o chefe de Estado, a tensão em Timor-Leste está a ser acompanhada por Belém e pelo Governo que se mantém em permanente contacto até porque, o ministro Adjunto, José Luís Arnaut, encontra-se no território, numa viagem onde consta na agenda a inauguração das novas instalações da RDP.

A questão que agora se coloca é a de saber se estes incidentes comprometem ou não a estabilidade daquele território que se tornou membro da ONU em Setembro. Sampaio confessa: “Espero que não”. E adianta que “não há outro caminho que não o da paz”.
Ver comentários