Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Santana dá mais poder a Pedro Pinto

Pedro Santana Lopes entregou ontem o pelouro das Finanças da Câmara Municipal de Lisboa (CML) ao vereador Pedro Pinto, que passou a acumular com as Obras Municipais, Turismo, Manutenção, Conservação das Instalações e Equipamentos Electromecânicos e Eléctricos.
19 de Março de 2005 às 00:00
Ou seja, Pedro Pinto passou a ser uma espécie de super-vereador da CML, apurou o Correio da Manhã.
O presidente da Câmara reassumiu ontem ao fim da manhã todas as competências, após reunião e votação do executivo camarário. À tarde, e já na plenitude de todos os seus poderes, procedeu à subdelegação de competências nos sete vereadores do PSD e um do CDS-PP. Como se esperava, Santana Lopes nomeou Carmona Rodrigues para o vice-presidente e atribuiu-lhe o pelouro do Planeamento (PDM) e da Modernização Administrativa, reservando para si próprio, como tem sido tradicional, a área da segurança (Protecção Civil e Polícia Municipal).
As mexidas nos pelouros dos vereadores foram poucas, mas de certa forma importantes. Santana Lopes limitou-se a redistribuir os pelouros das Finanças, deixado vago por Fontão de Carvalho (independente eleito nas listas do PS), que passou à condição de vereador sem pelouro; e o pelouro dos Espaços Verdes, Colectividades, Gestão de Cemitérios e Protecção Ambiental, deixado também vago pela saída de António Prôa da vereação.
António Prôa era vereador suplente e só entrou para a vereação com a saída de Santana Lopes para o cargo de primeiro-ministro. Santana Lopes entregou o pelouro dos Espaços Verdes (o mais importante detido por Prôa) à vereadora Eduarda Napoleão, que passou a acumular com o Planeamento Urbanístico, Licenciamento Urbanístico e Reabilitação Urbana.
A gestão dos cemitérios regressou às mãos do CDS-PP. António Carlos Monteiro, o vereador democrata-cristão, chegou a demonstrar alguma apreensão pelo regresso de Santana Lopes. Os restantes vereadores mantêm os seus pelouros, inclusive Moreira Marques. O vereador tem as pastas do Desporto, Recursos Humanos e Bombeiros.
Na reunião, houve abstenções e uma vereadora do PS votou contra.
CARMONA RODRIGUES
É vice-presidente da autarquia e tem os pelouros da revisão do Plano Director Municipal e da Modernização Administrativa.
MARIA EDUARDA NAPOLEÃO
Recebe os Espaços Verdes, além do que já detinha: Planeamento Urbanístico, Licenciamento Urbanístico, Reabilitação Urbana.
PEDRO PINTO
Acumula as Finanças com os pelouros que já detinha: Obras Municipais, Manutenção e Conservação das Instalações e Turismo.
MARIA HELENA LOPES DA COSTA
Mantém os mesmos pelouros, nomeadamente o da Acção Social; Habitação Social; Criança e Educação e o Património.
ANA SOFIA BETTENCOURT
As Colectividades passam para a vereadora, que já tinha a Juventude, Serviços Gerais, Comércio e Abastecimento.
MOREIRA MARQUES
O único critico do regresso de Santana Lopes mantém os Recursos Humanos, o Desporto e o Regimento de Sapadores Bombeiros.
MARIA MANUEL PINTO BARBOSA
A vereadora mantém-se à frente dos destinos da Cultura na maior autarquia do País.
ANTÓNIO CARLOS MONTEIRO
Vereador do CDS reassume a gestão de Cemitérios e mantém os pelouros da Higiene, Trânsito, Espaço Público, Reparação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)