Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Santana Lopes diz que Cavaco é “referencial de segurança”

Pedro Santana Lopes considerou este domingo que o Presidente da República Cavaco Silva é "um referencial de segurança política", recusando falar em candidaturas presidenciais alternativas à direita porque a situação do País "exige convergência e não divergência".
10 de Outubro de 2010 às 13:34
"Situação de Portugal exige pouca dispersão em matéria eleitoral", defende Santana
'Situação de Portugal exige pouca dispersão em matéria eleitoral', defende Santana FOTO: Jorge Paula

"Acho que neste momento, a situação de Portugal exige pouca dispersão em matéria eleitoral. Exige convergência e não divergência", sublinhou o ex-governante, defendendo que "não fazia sentido nesta fase tão difícil estar a contribuir para dividir".   

Santana Lopes defendeu que, "face à evolução da vida portuguesa nas últimas semanas, a figura do professor Cavaco Silva é sem dúvida, apesar das divergências que possam existir, uma referência de segurança".  

No Verão, Santana Lopes chegou a defender uma segunda candidatura na direita, sublinhando que até poderia beneficiar Cavaco Silva, uma vez que acreditava que independentemente de quem fosse o candidato, o actual PR ganharia "e na primeira volta".  

Ribeiro e Castro anunciou sábado que não irá ser candidato à Presidência da República, depois de ter ponderado uma candidatura alternativa à de Cavaco Silva (que ainda não anunciou se se irá recandidatar a Belém).  

Questionado sobre a possibilidade de surgirem outras candidaturas alternativas, o ex-primeiro-ministro disse que, actualmente, "não há condições para falar muito sobre isso": "Disse sempre que era muito importante ouvir a confirmação da candidatura do professor Cavaco Silva e o conteúdo das palavras que dirá, sendo candidato como se espera".  

Sobre a desistência de Ribeiro e Castro, Santana Lopes lembrou que não tinha "nada a ver nem com o surgimento, nem com o desaparecimento" do candidato do CDS-PP, apesar de toda a "simpatia pessoal" que nutre por ele.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)