Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Santana Lopes responde a Paulo Portas

Pedro Santana Lopes, líder parlamentar do PSD, afirmou esta quarta-feira que os sociais-democratas não propuseram coligações nem “dar boleia a ninguém”, em resposta ao presidente do CDS-PP, Paulo Portas, que rejeitou ontem, nas jornadas parlamentares do partido, voltar ao poder “à primeira esquina”.
16 de Abril de 2008 às 18:23
Santana Lopes
Santana Lopes FOTO: D.R.

“Apesar das declarações ontem do senhor deputado Paulo Portas, nós não andamos de facto a reboque de ninguém”, acrescentando, ironicamente, que “seriam precisas muitas viaturas para darem boleia ao PSD”.

Paulo Portas assumiu ontem o objectivo de “tirar a maioria absoluta ao PS” nas eleições legislativas de 2009, alertando para que o CDS-PP não está disponível para ser poder “à primeira esquina”. 

"Quando decidi candidatar-me à presidência CDS fui muito claro. A prioridade  do CDS é crescer. Não estamos à espera da boleia de ninguém nem estamos  para dar boleia a ninguém. O país precisa de uma direita mais forte e o  CDS é muito diferente do PSD", afirmou ontem o presidente dos democratas-cristãos.

 

 

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)