Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

SARMENTO E RIO SEM DIREITO A VOTO

Os vice-presidentes do PSD Nuno Morais Sarmento e Rui Rio não estão entre os 750 delegados ao congresso do partido eleitos este fim-de-semana pelos militantes, numa votação que registou uma participação de 60 por cento.
19 de Outubro de 2004 às 00:00
Segundo dados fornecidos pelo PSD, dos 22 membros da Comissão Política Nacional, dez irão ao congresso apenas como participantes, ou seja, poderão intervir, mas não têm direito a voto. Entre eles, estão os vice-presidentes do partido, Nuno Morais Sarmento e Rui Rio.
De acordo com o secretário-geral do PSD, Miguel Relvas, tratou-se de uma “opção” de Morais Sarmento e de Rui Rio.
Os restantes 12 membros da Comissão Política Nacional foram eleitos delegados, nomeadamente o presidente do PSD, Pedro Santana Lopes, o secretário-geral e o vice-presidente José Luís Arnaut.
Dos nove membros do Conselho de Jurisdição Nacional, quatro foram eleitos delegados. Do Conselho Nacional, 23 membros foram eleitos delegados e os restantes 23 irão como participantes, entre os quais a ex-ministra das Finanças Manuela Ferreira Leite.
Segundo o secretário-geral do PSD, as eleições decorreram “sem problemas” em todas as secções do Continente e no círculo da emigração, que registaram uma participação global “na ordem dos 60 por cento”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)