Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Secretário-geral do PS exige a demissão de Rui Machete

António José Seguro pede a renúncia do ministro dos Negócios Estrangeiros e disse a Cavaco Silva para não ficar de "braços cruzados".
5 de Outubro de 2013 às 09:19
António José Seguro, secretário-geral do PS
António José Seguro, secretário-geral do PS FOTO: Tiago Petinga/EPA

António José Seguro exigiu a demissão de Rui Machete e pede ao Presidente da República para que tome medidas. Numa declaração escrita enviada à agência Lusa, o secretário-geral do PS apelou a Cavaco para que "não fique de braços cruzados e, em nome dos valores da República, exija ao primeiro-ministro que tire as devidas consequências deste caso". Explica que nem Machete nem Passos Coelho "agem com a dignidade que a ética republicana exige aos seus governantes".

Mais tarde, na sua página de Facebook, o socialista considerou que as declarações do ministro dos Negócios Estrangeiros à Rádio Nacional de Angola "são de enorme gravidade". "O ministro violou os princípios da separação de poderes e da autonomia da investigação criminal", afirmou. "Se existisse um mínimo de dignidade, o ministro já devia ter apresentado a sua demissão. E como não o fez, o primeiro-ministro já o devia ter demitido", disse Seguro.

Na passada sexta-feira, o Diário de Notícias divulgou que Rui Machete pediu desculpa a Angola por investigações do Ministério Público português a empresários angolanos. Em meados de setembro, Rui Machete disse à Rádio Nacional de Angola que as investigações não eram mais do que burocracias e formulários referentes a negócios de figuras do regime angolano em Portugal.

Facebook secretário-geral do PS PS demissão Rui Machete António José Seguro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)