Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Sede vandalizada pela segunda vez

Vítor Sousa, cabeça de lista do Partido Socialista à Câmara de Braga ataca JSD
23 de Setembro de 2013 às 01:00
Sede de campanha do candidato do PS à Câmara de Braga foi vandalizada. Diverso material de campanha ficou destruído
Sede de campanha do candidato do PS à Câmara de Braga foi vandalizada. Diverso material de campanha ficou destruído FOTO: direitos reservados

Cartazes destruídos, placas de campanha partidas e espalhadas pela rua, foi o cenário encontrado, ontem de manhã, na sede de campanha do candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Braga. Foi a segunda vez, em duas semanas, que a sede de candidatura de Vítor Sousa, na avenida da Liberdade, foi vandalizada.

O PS endureceu as críticas, diz que os autores dos atos que considerou "antidemocráticos", foram reconhecidos e, por isso, garante que vai agir judicialmente. "Estas atitudes antidemocráticas, realizadas a coberto da noite e de forma persistente, revelam que alguns dos adversários políticos não possuem a cultura, a educação, o respeito pelas regras básicas da sã convivência democrática", referem os socialistas, em comunicado.

A candidatura de Vítor Sousa aponta baterias à Juventude Social Democrata (JSD), que nos últimos dias distribuiu cartazes e outdoors pela cidade a criticar Vítor Sousa e a atual Câmara Socialista. "A JSD não sabe discutir nem apresenta ideias para o futuro de Braga", acusa a candidatura de Vítor Sousa.

O CM tentou ontem, por várias vezes, contactar o responsável concelhio da JSD, o que até ao fecho desta edição não foi possível.

braga sede vandalizada braga vítor sousa jsd
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)