Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Seguro diz que não confunde política com amizade

O recém-eleito secretário-geral do PS, António José Seguro, afirmou esta segunda-feira que nos debates com o primeiro-ministro não misturará política e amizade e que confrontará sexta-feira Passos Coelho com as posições que têm sido defendidas pelos socialistas.
25 de Julho de 2011 às 18:49
"Sou o líder do PS e afirmarei a todo o momento, com o máximo das minhas capacidades, aquilo que são as propostas do PS", afirmou Seguro
'Sou o líder do PS e afirmarei a todo o momento, com o máximo das minhas capacidades, aquilo que são as propostas do PS', afirmou Seguro FOTO: Manuel de Almeida/Lusa

António José Seguro falava aos jornalistas após ter entrado na sede nacional do PS, no seu primeiro dia de trabalho como secretário-geral deste partido, em que foi recebido com palmas e um ramo de flores por cerca de duas dezenas de funcionários socialistas.  

Seguro agradeceu as flores e disse que a única coisa que tinha para retribuir "é mesmo a amizade" e "pedir muito trabalho, porque este momento é de enorme responsabilidade na vida do PS e do País".  

Em matéria política, o recém-eleito secretário-geral do PS afirmou que a sua preocupação imediata é o primeiro debate que travará com o primeiro-ministro, na sexta-feira, na Assembleia da República.  

Interrogado se o facto de ser amigo pessoal de Pedro Passos Coelho dificultará a sua forma de intervenção nos debates, Seguro contrapôs que não se deve "misturar política com relações pessoais".  

"Sou o líder do PS e afirmarei a todo o momento, com o máximo das minhas capacidades, aquilo que são as propostas do PS. Pela minha parte, o debate da próxima sexta-feira será elevado, digno e em que terei a oportunidade  de confrontar o primeiro-ministro com as posições que o PS tem para a sociedade  portuguesa", declarou.  

António José Seguro recusou-se a especificar se na reunião do Grupo Parlamentar do PS, na quinta-feira, já vai apresentar a sua proposta para a liderança da bancada.  

Sobre o próximo presidente do Grupo Parlamentar do PS, o recém-eleito secretário-geral socialista referiu que "a seu tempo haverá oportunidade para questões que têm a ver com a formação das equipas".  

antónio josé seguro ps eleições passos coelho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)