Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Seguro: “Necessário mais tempo para consolidação das contas”

O secretário-geral do PS afirmou esta quinta-feira que a inconstitucionalidade dos cortes nos subsídios de férias e Natal obriga o Governo a rever as políticas orçamentais e a exigir mais tempo para consolidar as contas públicas.
5 de Julho de 2012 às 21:33
Seguro defende que é preciso "mais tempo" para consolidar contas públicas
Seguro defende que é preciso 'mais tempo' para consolidar contas públicas FOTO: d.r.

"Esta decisão do Tribunal Constitucional vai obrigar o Governo a rever as suas políticas orçamentais para os próximos anos já a partir de 2013", referiu o líder socialista, à entrada para o Teatro São Luiz, em Lisboa, ao lado do presidente da Câmara, António Costa.

António José Seguro considerou ainda que o Governo vai agora ser obrigado a defender perante a troika o prolongamento do processo de ajustamento financeiro do país.

"Como já este ano o Governo estava a fracassar no cumprimento do objectivo do défice, esta decisão do Tribunal Constitucional vem ainda dar mais razão à proposta do PS no sentido de ser necessário mais tempo para a consolidação das contas públicas", declarou o líder dos socialistas.

tribunal constitucional subsídios natal férias seguro PS governo troika
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)