Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Seguro: "País não tem tido um Orçamento"

O secretário-geral do PS considerou  que Portugal tem de mudar rapidamente de política e que o Orçamento Retificativo para 2013 já precisa de ser novamente retificado.
5 de Junho de 2013 às 14:50

António José Seguro falava aos jornalistas após ter estado reunido com a direção do Bloco de Esquerda e depois de interrogado pelos jornalistas sobre os mais recentes dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

O INE reviu nesta quarta-feira em baixa o crescimento económico nos primeiros três meses do ano, e estima agora uma queda de 4 % face ao primeiro trimestre de 2012 e de 0,4 % comparando com os últimos três meses do ano.

Perante estes dados, o secretário-geral do PS considerou se confirma uma vez mais "o quanto está errada a política do Governo".

"Este Governo tem andado a semear ventos e agora o país está a colher tempestades. Nos primeiros três meses, a política do Governo destruiu mais de cem mil postos de trabalho com as consequências que isso tem dos pontos de vista económico e social", apontou.

Ainda de acordo com o líder do PS, os dados do INE são reveladores que "o Orçamento Retificativo, que só na sexta-feira será discutido, já precisa de outro Orçamento Retificativo mais adequado à realidade do país".

"Estamos perante uma situação de urgência, que obriga a que se mude rapidamente de política", disse.

Já sobre o relatório da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), indicando que as previsões da proposta do Governo de Orçamento Retificativo para 2013 são excessivamente otimistas, Seguro concordou com essa análise.

"O país não tem tido um Orçamento e o Retificativo, no próprio dia em que foi entregue na Assembleia da República, o primeiro-ministro [Pedro Passos Coelho] reconheceu que se calhar era necessário um segundo Orçamento Retificativo. Ora, isto não é maneira de governar o país", acrescentou.

António José Seguro PS Orçamento Retificativo cítica INE PIB
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)