Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Serviço militar seduz mulheres

As Forças Armadas estão a atrair cada vez mais mulheres. O Dia da Defesa Nacional (DDN) contou pela primeira vez com a participação de jovens do sexo feminino e cerca de 35 por cento mostraram-se interessadas em seguir uma carreira militar. De um total de 1850 participantes, cerca de 650 afirmaram que pretendem ingressar num dos três Ramos das Forças Armadas.

16 de Agosto de 2009 às 00:30
Dia da Defesa Nacional passa a ser este ano obrigatório também para as mulheres que completem 18 anos
Dia da Defesa Nacional passa a ser este ano obrigatório também para as mulheres que completem 18 anos FOTO: Mariline Alves

O relatório do Ministério da Defesa sobre a experiência-piloto para a extensão do DDN às mulheres revela, ao contrário do que era expectável, que as jovens gostaram mais da experiência do que os homens. Questionadas sobre o DDN, cerca de 85% das mulheres afirmaram que "gostaram ou gostaram muito" da experiência, contra 66 por cento dos homens.

Entre Outubro de 2008 e Março de 2009, 1850 mulheres participaram voluntariamente no DDN, um dever militar exigido, até agora, apenas aos homens. Mas a esmagadora maioria (92,2%) das jovens concordou com a sua extensão às mulheres . No final da experiência, que decorreu em três centros de divulgação (Alfeite, Braga e Ovar), cerca de 650 mulheres revelaram que pretendem ingressar nos regimes de contrato ou voluntariado.

A predisposição das mulheres para ingressar na tropa não ficou aquém dos homens. Entre 1350 participantes, cerca de 520 (38,6%) pretendem ingressar numa carreira militar, que surge cada vez mais como uma alternativa ao desemprego.

A ‘acção de charme’ das Forças Armadas sobre as mulheres parece assim ter tido um impacto positivo. Aliás, após a participação no DDN, 82,6% das jovens mudou a sua opinião sobre as Forças Armadas para melhor. O mesmo aconteceu com 69% dos homens.

A cerimónia do içar da bandeira e a demonstração de actividades pelos respectivos Ramos são para os jovens os momentos mais altos do dia. Com o fim do serviço militar obrigatório, em 2004, o DDN foi criado com a missão de transmitir informação sobre a Defesa Nacional, as Forças Armadas e o serviço militar aos cidadãos que completam 18 anos.

TROPA OFERECE MAIS DE TRÊS MIL EMPREGOS

O número de candidatos a ingressar numa carreira militar tem vindo a aumentar e, este ano, as Forças Armadas têm mais de três mil empregos para oferecer. Só o Exército dispõe de cerca de 1500 vagas para a categoria de praças, em regime de contrato ou de voluntariado.

Já para quem prefere a Marinha, estão disponíveis 864 lugares: 792 em regime de contrato e 72 para o quadro permanente (Escola Naval). O mesmo acontece na Força Aérea, que este ano abriu 846 vagas para o regime de contrato e 35 para o quadro permanente.

SAIBA MAIS

REGIMES

O regime de contrato nas Forças Armadas vigora por um período mínimo de dois anos e máximo de seis anos, enquanto o regime de voluntariado vigora apenas por um período de 12 meses.

5145

Os três Ramos das Forças Armadas integram actualmente um total de 5145 mulheres nos seus quadros permanentes e nos regimes de contrato e voluntariado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)