Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Simplex vai permitir reformas automáticas no final de 2021

“Pensão na hora” é uma das 158 medidas que integram a nova leva do programa.
Wilson Ledo 16 de Julho de 2020 às 08:47
António Costa
António Costa FOTO: Lusa
Quem atingir a idade de reforma vai ter acesso, de forma imediata, à pensão. A “pensão na hora” é uma das 158 medidas que integram a nova leva do programa Simplex. A alteração só arranca no quarto trimestre de 2021, permitindo ao contribuinte ver, na Segurança Social Direta, a “sua pensão imediatamente deferida com o seu montante, caso tenha toda a sua carreira contributiva em Portugal”, explicou ontem a ministra Alexandra Leitão.

Assim, deixa de existir espera entre o pedido da reforma e o primeiro pagamento. Já este ano, os portugueses vão poder evitar deslocações aos serviços da Segurança Social para pedir formulários para abono de família ou subsídio de desemprego, solicitando-os online.

O programa foi também apresentado pelo primeiro-ministro, que avisou que o País não aguenta um novo período de confinamento. Segundo António Costa, famílias e empresas “não suportarão passar de novo pelo mesmo”.
Portugal Segurança Social Direta Alexandra Leitão economia negócios e finanças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)