Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Sindicato pede intervenção do Governo para impedir dispensa de 18 trabalhadores do Novo Banco

Pedido feito após a reunião entre a administração do Novo Banco, o secretário-geral da CGTP e a direção do SINTAF.
Lusa 4 de Julho de 2019 às 20:29
Novo Banco
Novo Banco FOTO: CMTV

O Sindicato dos Trabalhadores das Atividades Financeiras (SINTAF) pediu esta quinta-feira a intervenção do Ministério do Trabalho para impedir a dispensa de 18 trabalhadores do grupo Novo Banco, devido a externalização dos serviços de recuperação de crédito.

O pedido de intervenção da Direção Geral do Emprego e Relações de Trabalho (DGERT) foi feito após a realização de uma reunião entre a administração do Novo Banco, o secretário-geral da CGTP e a direção do SINTAF, na qual foi discutida a situação dos 18 trabalhadores a quem foi proposta rescisão contratual.

"O Novo Banco reafirmou o seu objetivo de entregar este serviço a uma empresa externa, em regime de 'outsourcing', o que implica a dispensa dos trabalhadores. Nós defendemos que o serviço pode e deve continuar a ser assegurado por estes trabalhadores, até porque é uma área rentável", disse o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, à agência Lusa.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)