Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Sócrates e Bava juntos no Norte

No dia anterior à reunião secreta para decidir o futuro da TVI (26 de Maio) primeiro-ministro e líder da comissão executiva da PT encontraram-se.
29 de Abril de 2010 às 00:30
O primeiro-ministro José Sócrates e Zeinal Bava
O primeiro-ministro José Sócrates e Zeinal Bava FOTO: Estela Silva/Lusa

José Sócrates e Zeinal Bava, primeiro-ministro e líder da comissão executiva da PT, encontraram-se a 25 de Maio, em Matosinhos, na inauguração da fibra óptica, um dia antes da reunião secreta ocorrida na empresa de telecomunicações em que se discutiu o futuro da TVI.

Também cerca de duas semanas antes da mesma data, sabe o CM, terá havido diversos contactos para preparar a mesma reunião. Foi após todas essas negociações que Rui Pedro Soares viajou para Madrid, a 3 de Junho, para se encontrar com o patrão da Prisa.

A PT não reconhece que esses encontros tivessem como objectivo a compra da TVI nem tão-pouco que José Sócrates tivesse conhecimento do negócio, mas as escutas incluídas no processo ‘Face Oculta’ demonstram outra realidade. Aliás, a 26 de Maio, momentos depois da reunião com Bava ter terminado, Rui Pedro Soares fala com Paulo Penedos para contactar a secretária de Polanco e marcar uma reunião na semana seguinte com o administrador da Prisa, na capital espanhola. Nos dias seguintes, fica claro que a PT se prepara para ultimar a operação, transferindo fundos para Londres. São equacionadas diversas hipóteses de investidores para o negócio, que envolveria vários milhões.

Para os investigadores do processo ‘Face Oculta’, que só começam a gravar as conversas de Rui Pedro Soares a partir de 26 de Maio, é ainda evidente que houve vários contactos no sentido de tornar real um negócio que pudesse afastar Moniz e Moura Guedes.

SAIBA MAIS

ESCUTAS DESTRUÍDAS

As escutas no âmbito do processo ‘Face Oculta’ que envolviam as conversas entre o primeiro-ministro e Armando Vara foram destruídas no dia 16 de Abril.

3

Arguidos foram acusados de corrupção no âmbito do contrato de Luís Figo com o Taguspark, celebrado em 2009: Rui Pedro Soares, Américo Thomati e João Carlos Silva.

28

De Outubro foi a data em que o processo ‘Face Oculta’ veio a público, apesar de estar em investigação há vários meses.

ATENTADO

A 24 de Junho procuradores de Aveiro comunicaram ao PGR as suspeitas de crime de atentado contra o Estado de Direito através de um plano para controlar a Comunicação. Social. 

VIOLAÇÃO DO SEGREDO NO JUIZ

O processo de violação do segredo de justiça sobre o despacho do Ministério Público de Aveiro exibido na RTP entrou na fase de instrução. Paulo e António Costa, os sucateiros que também são arguidos no caso ‘Face Oculta’, estão acusados de fornecer o documento ao canal de televisão, que no dia das buscas, a 28 de Outubro, mostrou e citou frases do conteúdo. As cópias dos despachos estavam marcadas, pelo que a investigação concluiu tratar-se do documento entregue ao sucateiro que trabalhava com Manuel Godinho. A primeira audiência está marcada para 6 de Maio, no Tribunal de Instrução Criminal de Aveiro. As inquirições serão feitas pelo juiz António da Costa Gomes, titular do processo ‘Face Oculta’. A defesa dos arguidos já pediu perícias ao documento mas ainda não há resultados.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)