Sócrates perde recurso na Relação

Em causa estavam os prazos do inquérito da Operação Marquês.
Por Ana Luísa Nascimento|22.02.17
  • partilhe
  • 0
  • +

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) indeferiu hoje um recurso de José Sócrates contra os prazos do inquérito em que é arguido por suspeitas de corrupção. A desembargadora Maria Elisa Marques, da terceira secção da TRL, foi a relatora do acórdão decidido hoje de manhã em que são afastadas as nulidades pedidas pela defesa de Sócrates.

Os advogados de Sócrates têm vindo a defender que o inquérito deveria ter acabado há um ano e que, por isso, todos os actos praticados, como o interrogatório a Hélder Bataglia, são nulos.

Com esta decisão, deverá ficar sem efeito um outro recurso sobre o mesmo tema distribuído na passada semana ao desembargador Rui Rangel.



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De ComePito22.02.17
    Já ganharam algum recurso, estes advogados? Não. Mas aposto que cada um que fazem o 44 tem que pagar bem. Tudo tem uma explicação.
1 Comentário
  • De ComePito22.02.17
    Já ganharam algum recurso, estes advogados? Não. Mas aposto que cada um que fazem o 44 tem que pagar bem. Tudo tem uma explicação.
    Responder
     
     0
    !