Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Supremo confirma pena disciplinar a Rui Rangel

Em causa estão declarações do juiz sobre processo de José Sócrates.
Ana Luísa Nascimento 23 de Fevereiro de 2017 às 15:47
Juiz Rui Rangel
Rui Rangel
Rui Rangel
Rui Rangel
O juiz Rui Rangel
Juiz Rui Rangel
Rui Rangel
Rui Rangel
Rui Rangel
O juiz Rui Rangel
Juiz Rui Rangel
Rui Rangel
Rui Rangel
Rui Rangel
O juiz Rui Rangel

O Supremo Tribunal de Justiça manteve a pena disciplinar de 15 dias de multa ao desembargador Rui Rangel por violação do dever de reserva.

A decisão deste tribunal tem a data de quarta-feira, o mesmo dia em que o Ministério Público avançou com um incidente de suspeição contra o juiz da 9ª secção do Tribunal da Relação de Lisboa a quem foi distribuído um novo recurso de José Sócrates.

Em causa estão declarações de Rangel, em junho de 2015, na TVI24, quando o juiz criticou a manutenção da prisão preventiva a José Sócrates.

O Conselho Superior da Magistratura aplicou uma pena disciplinar, da qual Rangel apresentou recurso, mas o Supremo veio agora confirmar a decisão.

Ver comentários