"Se fosse primeiro-ministro, o ministro da Defesa já teria saído do Governo", diz Rui Rio

Presidente do PSD afirma que Azeredo ficou "fragilizado politicamente" com o caso do reaparecimento das armas de Tancos.
Por Lusa|12.10.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O presidente do PSD, Rui Rio, disse esta sexta-feira que, se fosse primeiro-ministro, o ministro da Defesa, José Azeredo Lopes, já teria saído do Governo, porque ficou "fragilizado politicamente" com o caso do reaparecimento das armas de Tancos.

Em declarações aos jornalistas em Trancoso, Rui Rio frisou que "cabe ao primeiro-ministro dizer se o ministro da Defesa pode ou não, deve ou não, continuar".

Mas, se fosse primeiro-ministro, Rui Rio "não tolerava uma situação destas", por a considerar "absolutamente insustentável" por vários motivos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!