Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

TENSÃO NA CÂMARA DE MATOSINHOS

Depois da vitória do vereador e vice-presidente da Câmara de Matosinhos , Manuel Seabra, nas eleições do passado fim-de-semana para a concelhia matosinhense do PS, o ambiente era considerado normal no edifício municipal, embora o silêncio seja considerado de tensão.
3 de Junho de 2003 às 00:00
Narciso perdeu mas pode alterar os pelouros
Narciso perdeu mas pode alterar os pelouros FOTO: Tiago Sousa Dias
Nenhuma alteração na vereação está considerada para já e "tudo foi normal no dia seguinte", mas a disputa eleitoral que opôs o presidente Narciso Miranda ao seu vice parece não poder deixar de ter consequências.
Seabra ganhou a presidência concelhia, mas não controla a comissão política, o que significa, face a uma hipotética indigitação como candidato do PS à presidência da Câmara, um empate técnico.
Aliás, num universo de cerca de duzentos mil eleitores matosinhensses, são pouco mais de 1500 os militantes socialistas, o que leva os rivais Narciso e Seabra a olhar para a situação do PS no concelho. As relações entre ambos têm-se deteriorado, depois das distritais do PS, e a mulher de Seabra pediu a demissão de chefe de gabinete da Câmara por alegado mau relacionamento com Narciso, que foi aceite.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)