Tribunal retira mandato a presidente e vereador na Maia

Autarquia assumiu pagamento de dívida de 1,4 milhões da extinta TECMAIA ao Fisco.
Por José Eduardo Cação|16.04.19
O presidente da Câmara da Maia, António Silva Tiago, e o vereador Mário Sousa Neves (PSD/CDS) foram esta segunda-feira condenados a perda de mandato pelo Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto, no âmbito de um processo movido pelo movimento Juntos Pelo Povo.

Em causa está uma dívida fiscal de 1,4 milhões de euros da empresa municipal TECMAIA, entretanto extinta, e que foi assumida pela autarquia. O tribunal entende que os arguidos tentaram "obter para si uma vantagem patrimonial".

O município vai recorrer.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!