Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Trinta mil para as directas

Cerca de 30.000 militantes estão inscritos nos cadernos eleitorais do CDS-PP que vão ser utilizados nas eleições directas do líder do partido, agendadas para 18 de Junho, disse à Lusa um membro da comissão executiva.
24 de Maio de 2005 às 00:00
De acordo com a proposta apresentada pela direcção do CDS-PP, e aprovada em Conselho Nacional este fim-de-semana em Gaia, podem votar na eleição directa do líder todos os militantes que se tenham inscrito no partido até 20 de Maio. Os cadernos eleitorais estão fechados desde sexta-feira.
Segundo um membro da comissão executiva, o núcleo duro do partido, existem actualmente 33.000 militantes inscritos no CDS-PP, embora possa ser menor o número dos que estão no activo. A proposta aprovada determina que as candidaturas à liderança possam ser apresentadas na secretaria-geral do CDS-PP até às 00h00 da próxima segunda-feira (30 de Maio), subscritas por pelo menos 200 assinaturas.
Por enquanto, apenas o líder eleito em Congresso, José Ribeiro e Castro, manifestou a intenção de concorrer a estas directas, uma das suas bandeiras na reunião magna dos democratas-cristãos.
A segunda volta está marcada para 25 de Junho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)