Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Turquia retira veto de adesão da Finlândia e Suécia à NATO

Na cimeira da NATO em Madrid.
Correio da Manhã 28 de Junho de 2022 às 19:23
A carregar o vídeo ...
Turquia retira veto de adesão da Finlândia e Suécia à NATO
A Turquia retirou o veto à adesão da Suécia e da Finlândia à NATO, esta segunda-feira, na cimeira da Aliança em Madrid, anunciou o secretário-geral, Jens Stoltenberg.

Após várias objeções, o presidente turco Recep Tayip Erdogan juntou-se aos restantes estados-membros da NATO e assinou o memorando entre a Suécia, a Finlândia e a Turquia, avançou a Reuters. Embora a iniciativa seja bem recebida por praticamente todos os integrantes da organização mundial, é necessária a unanimidade de todos os 30 membros para que a adesão destes dois países possa avançar.

O Presidente turco Recep Tayip Erdogan, a primeira-ministra sueca Magdalena Andersson, o presidente finlandês Sauli Niinistö e o secretário-geral da NATO Jens Stoltenberg reuniram-se esta segunda-feira à sua chegada a Madrid para a cimeira da Aliança.

"Turquia, Finlândia e Suécia assinaram um memorando que aborda as preocupações da Turquia, inclusive em torno das exportações de armas e da luta contra o terrorismo", referiu o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Entre as exigências de Ancara incluía-se o reforço da legislação dos dois países nórdicos contra o "terrorismo" e a extradição de diversos ativistas curdos que foram acolhidos nos dois países do norte da Europa.

"Os passos concretos da nossa adesão (...) serão acordados pelos Aliados da NATO durante os próximos dois dias, mas essa decisão é agora iminente", disse o presidente da Finlândia, Sauli Niinistö, num comunicado.

Erdogan tinha considerado "um erro" a entrada dos dois países na NATO, acusando a Suécia e a Finlândia de "albergarem terroristas do PKK", o Partido dos Trabalhadores do Curdistão, considerado organização terrorista por Ancara, mas também pela União Europeia e pelos Estados Unidos da América.

Foi a primeira voz dissonante no seio dos 30 aliados a propósito desta matéria.

Turquia Finlândia NATO saúde
Ver comentários
}