Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

UGT considera proposta do Governo para o Orçamento do Estado pouco ambiciosa

"Ao contrário do que disse o ministro das Finanças, este OE2020 não serve para todos", disse Carlos Silva.
Lusa 12 de Outubro de 2021 às 18:04
O secretário-Geral da UGT, Carlos Silva
O secretário-Geral da UGT, Carlos Silva FOTO: Lusa
O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, considerou hoje que a proposta do Governo para o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é pouco ambiciosa, não serve para todos e precisa de alterações importantes.

"A proposta de OE2022 é pouco ambiciosa e, ao contrário do que disse o ministro das Finanças [João Leão], este OE2020 não serve para todos", disse Carlos Silva à agência Lusa, defendendo que quem tem rendimentos mais baixos necessita de mais apoios.

Para o sindicalista, a proposta governamental "é uma primeira abordagem", esperando que a sua discussão no parlamento leve a melhorias, introduzidas pelos partidos de esquerda.

UGT OE2022 Governo Carlos Silva economia negócios e finanças Orçamento do Estado
Ver comentários