Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

VEREADORES DO CDS-PP EM GUERRA

Os vereadores do CDS-PP de Cascais estão em guerra. João Sande e Castro e Manuel Andrade preparam-se para, no próximo dia 6 de Novembro, disputar a presidência da Comissão Política da Concelhia de Cascais (CPC).
27 de Outubro de 2003 às 00:00
Sande e Castro, que se demitiu recentemente do cargo de presidente da CPC, apresentou a sua recandidatura na sexta-feira passada. Andrade não concordou, tentou um acordo com o seu opositor no sentido de alcançar uma lista de consenso, mas não conseguiu. Agora Andrade parte para a corrida contra Sande e Castro, acusando-o de dividir os militantes do CDS-PP de Cascais.
Numa carta dirigida ao anterior presidente e a que o CM teve acesso, Andrade salienta o "descontentamento que se verificou no seio da Comissão Política com reflexos óbvios nos militantes do partido e que provocou" a demissão de Sande e Castro.
Nessa mesma carta, Andrade propõe “uma estratégia comum para encontrar um candidato de consenso à presidência da CPC, assim como uma lista única para os órgãos locais do partido preservando a unidade do partido”.
Em declarações ao CM, Sande e Castro diz que se demitiu porque perdeu a confiança política em alguns dos elementos da CPC e que se recandidata para continuar o projecto que ficou a meio e que considera “como um dever dar-lhe continuidade até ao fim deste mandato autárquico”.
“Ao demitir-me provoquei a antecipação das eleições, que estavam previstas para Abril. Recandidato-me para dar continuidade ao que comecei. Não vejo motivos para desistir. Quando Manuel Andrade propôs uma lista de consenso mostrei toda a minha abertura. No entanto, no meu ver, uma lista de consenso seria a junção de duas listas. Cheguei a oferecer o lugar de vice-presidente a Andrade, para quem uma lista de consenso é encontrar um terceiro candidato que ninguém sabe quem é. Não desisto. Aliás se eu estivesse no lugar de Manuel Andrade é que desistia”, afirmou Sande e Castro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)