Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

VICENTE BATE COM A PORTA

O deputado socialista Vicente Jorge Silva pediu ontem a demissão da Comissão de Ética, atitude que decidiu "precipitar" após o líder parlamentar do PS, António Costa, ter desvalorizado a situação de Maria Elisa (PSD) no Parlamento.
24 de Setembro de 2003 às 00:00
Vicente Jorge Silva ataca Costa
Vicente Jorge Silva ataca Costa
O ex-director do jornal 'Público' sublinhou que já pensara abandonar a Comissão em Junho, na sequência da polémica em torno do mandato do deputado do PSD, Cruz Silva. "A Comissão Parlamentar de Ética vive num relativismo moral. Há uma ética da maioria, defendendo sempre os deles, e outra da oposição", justificou Vicente Jorge Silva, apontando a "razão de fundo da sua decisão".
Vicente Jorge Silva decidiu agora "precipitar" a sua demissão, após o líder parlamentar do PS, em entrevista ao 'Expresso', ter desvalorizado a controvérsia em torno do mandato da jornalista Maria Elisa. Costa defendeu que Maria Elisa "foi muito vítima da inveja nacional e da mediocridade dos seus colegas da RTP". Vicente Jorge Silva sentiu-se "desautorizado pelas declarações", apesar de concordar com o líder da sua bancada em que há casos mais graves como o de Dias Loureiro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)