Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Visita do Papa em maio dá gás às exportações

Supervisor financeiro revê em alta previsão do crescimento económico até 2019.
Diana Ramos 30 de Março de 2017 às 01:30
Fátima tem hotéis esgotados para o período da visita do Papa Francisco
Papa Francisco
Papa Francisco
Papa Francisco
Fátima tem hotéis esgotados para o período da visita do Papa Francisco
Papa Francisco
Papa Francisco
Papa Francisco
Fátima tem hotéis esgotados para o período da visita do Papa Francisco
Papa Francisco
Papa Francisco
Papa Francisco
A visita do Papa Francisco a Portugal, em maio, vai dar um importante contributo para o crescimento das exportações deste ano, mostram já as previsões económicas do Banco de Portugal.

A expectativa é de que as vendas ao exterior cresçam 6% este ano – uma revisão em alta face aos 4,8% de há três meses – à conta de eventos como a visita do Papa no Centenário das Aparições de Fátima, o Web Summit que se volta a realizar em 2017 e de um contributo do setor automóvel: a venda do novo modelo da Autoeuropa, a partir de setembro.

"Destaca-se o desempenho das exportações de turismo, que será favorecido pela ocorrência em território português de importantes eventos à escala internacional", relata o regulador nas projeções de 2017 a 2019.

Ou seja, as receitas geradas pelo turismo, com hotéis praticamente cheios nas maiores cidades, têm contribuído para o crescimento da economia, do emprego e do investimento privado. O Banco de Portugal acredita que daqui a dois anos, as exportações sejam 60% superiores ao Produto Interno Bruto (PIB).

Os números mostram também que o PIB deverá crescer 1,8% este ano, quatro décimas acima das previsões de dezembro. E que o desemprego deverá ficar abaixo dos 10%. Ainda assim, o supervisor defende que só daqui por três anos, no final de 2019, Portugal deverá regressar a níveis anteriores a 2008, pré-crise financeira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)