Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Vitalino Canas contesta acusação do PCP

O deputado socialista Vitalino Canas acusou de “má fé” o líder parlamentar do PCP, Bernardino Soares, pelas declarações que proferiu considerando incompatíveis as suas funções de porta-voz do PS com as de provedor das empresas de trabalho temporário.
21 de Abril de 2008 às 10:50
Vitalino Canas
Vitalino Canas FOTO: D.R.

Nas jornadas parlamentares do PCP, a decorrerem em Ponta Delgada (Açores), Bernardino Soares denunciou a existência de um alegado conflito de interesses do deputado socialista e anunciou que iria propor à Comissão Parlamentar de Ética para analisar o caso.

“Estou totalmente convicto de que as duas funções são compatíveis com o que está na lei e com a minha função de deputado”, defendeu esta segunda-feira Vitalino Canas, referindo que os contactos que estabelece com as entidades privadas são todas no âmbito dos direitos dos trabalhadores.

 

O deputado socialista acusa ainda o PCP de levar a cabo “uma cruzada (...) contra pessoas do PS que têm outras funções fora da política”.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)