Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Vitorino recusa desafio presidencial

O deputado socialista e presidente da Comissão Parlamentar de Assuntos Europeus, António Vitorino, ex-comissário europeu, declarou esta terça-feira que não é candidato a candidato às presidenciais de 2006.
24 de Maio de 2005 às 20:05
António Vitorino insiste: 'Não sou candidato'
António Vitorino insiste: 'Não sou candidato' FOTO: arquivo cm
António Vitorino foi interpelado por jornalistas na Assembleia da República, á saída de uma reunião da Comissão Parlamentar de Assuntos Europeus. "Não sou candidato a candidato a candidato", retorquiu o visado.
Os jornalistas queriam que Vitorino assumisse uma posição a propósito das presidenciais na sequência de ser conhecida - esta tarde- a escolha de António Guterres para Alto Comissário da ONU para os Refugiados e após o ex-secretário-geral do PS, Ferro Rodrigues, ter desafiado o próprio Vitorino a assumir uma candidatura presidencial.
"Ninguém tem o direito de se eximir a este combate e quem está melhor colocado não pode dizer que não", argumentou Ferro Rodrigues, referindo-se a Vitorino em declarações transcritas na última edição do semanário 'Expresso'.
António Guterres era visto como o melhor candidato presidencial na área socialista. António Vitorino disse que o antigo primeiro-ministro não trocou Belém por Genebra (sede do ACNUR) por que nunca admitiu se candidato presidencial. Mas essa era a esperança pouco escondido do PS. Fala-se agora de Manuel Alegre... mas Vitorino parece continuar envolto na mística sebastianista com que regressou de Bruxelas a Lisboa, antes das legislativas de Fevereiro, da quais o PS saiu com uma histórica maioria absoluta.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)