Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

Zorrinho ganha por mês 5600

O coordenador nacional da Estratégia de Lisboa e do Plano Tecnológico, Carlos Zorrinho, aufere por mês cerca de 5600 euros por mês. De acordo com um despacho publicado ontem em Diário da República, o coordenador do Plano Tecnológico, que assumiu funções em Julho de 2005, tem direito ao vencimento de professor catedrático de segundo escalão, ou seja, 4604,88 euros.
29 de Abril de 2006 às 00:00
A este valor, soma-se ainda o abono mensal de despesas de representação de montante igual ao fixado para o cargo de subsecretário de Estado (983,87 euros) a que Carlos Zorrinho também tem direito segundo o despacho assinado pelo primeiro-ministro, José Sócrates. Feitas as contas, os rendimentos mensais do coordenador atingem os 5588,75 euros.
Porém, segundo o mesmo documento, é ainda atribuído a Carlos Zorrinho um subsídio de alojamento no valor de cerca de 44 euros. O que totaliza 5632 euros.
De acordo com o despacho, Carlos Zorrinho fica autorizado a exercer actividades docentes no ensino Superior, mas desde que não sejam remuneradas.
Ver comentários