Correio da Manhã

Passadiços deixam pescadores de Sagres em risco
Foto Direitos Reservados
Foto Getty Images
Peixe
Por Diana Santos Gomez | 11:05
  • Partilhe
Pescadores já ficaram feridos devido a infraestruturas que não garantem a segurança.

"Alguns pescadores caíram ao mar devido às escadas que se partiram, noutras situações fizeram cortes nas mãos, caiu-lhes cimento na cabeça e tiveram mesmo de ir para o hospital." Estes são alguns dos incidentes enumerados ao CM por Mário Galhardo.

O presidente da Associação de Armadores de Pesca de Sagres navança que têm sido registadas algumas situações semelhantes nos últimos anos no porto da Baleeira, em Sagres, devido à degradação dos passadiços, onde as defensas e as escadas precisam de ser substituídas com urgência.

Apesar de reconhecer as intervenções feitas pela Docapesca na zona de descarga do pescado, junto à lota, Mário Galhardo lembra que desde 1991 "não são feitas obras nos passadiços".

Este responsável alerta que os barcos "não têm condições para atracar e um dos pontões está em risco de colapso". Por isso, apela "a uma ação urgente devido à insegurança, desorganização e falta de higiene" no porto algarvio.

Perante o problema, desde maio do ano passado que Luís Paixão, presidente da Junta de Freguesia de Sagres, denuncia a falta de condições para os trabalhadores.

PUBLICIDADE
O autarca considera que "há falta de vontade para melhorar a vida dos pescadores" e lembra que "o porto da Baleeira não pode ser esquecido", porque Sagres "recebe cerca de um milhão de visitantes por ano".

Luís Paixão defende que podiam ser realizadas excursões ao porto para criar novos pontos de interesse.

O Ministério do Mar garante que já investiu cerca de 700 mil euros no porto da Baleeira, entre 2016 e 2018, com destaque para o cais flutuante e a aquisição de uma grua essencial à movimentação do pescado.

A reabilitação dos passadiços ou pontes-cais está prevista começar em 2019 e irá custar um milhão e duzentos mil euros.

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE