Correio da Manhã

Ricardo Rio quer Fórum Braga a dar lucro após inauguração
Foto Direitos Reservados
Por Fátima Vilaça | 11:20
  • Partilhe
Presidente da câmara acredita que espaço renovado vai atrair público do Norte e da Galiza.

Marcelo Rebelo de Sousa é o convidado de honra para a mais aguardada inauguração do ano. Após mais de nove milhões de euros de investimento, o ‘velhinho’ Parque de Exposições de Braga dá, finalmente, lugar ao Fórum Braga.

A festa da inauguração oficial acontece na terça-feira à tarde. À noite, os norte-americanos Thirty Seconds to Mars dão o primeiro concerto na renovada ‘grande nave’. A sala, que a autarquia acredita ter condições para se afirmar no mapa dos grandes eventos, no Norte e na Galiza, tem lotação esgotada: 20 mil pessoas.

Em funcionamento desde o mês de maio, o Fórum Braga já foi visitado por mais de 150 mil pessoas em eventos como a AGRO - Feira Internacional de Agricultura, o Greenfest ou o Festival Groove. Ricardo Rio não esconde que quer o Fórum Braga "autossustentável".

"Queremos que sirva para acolher eventos do município e dos nossos parceiros, mas que se torne rentável e seja rentabilizado, não representando um encargo para a autarquia, ao contrário do antigo Parque de Exposições de Braga", destaca.

O autarca acredita que a infraestrutura vai dar condições a Braga "para se afirmar no mapa dos grandes eventos, sejam de natureza cultural, desportiva ou económica, a nível nacional, já que tem a segunda maior sala de espetáculos do País, mas também no mapa da eurorregião, com grande ênfase para o Norte de Espanha".

O Fórum Braga nasceu no local do Parque de Exposições, um edifício da década de 80 que já não respondia às necessidades da cidade. Para o presidente da câmara, a "transformação de um equipamento dos anos 80, que se vinha a deteriorar, é recuperar uma década perdida e lançar a semente para anos de imensa atividade".

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE