Correio da Manhã

Vinhais recebe unidade de Cuidados Continuados
Foto Nuno Nascimento
Por Tânia Rei | 08:35
  • Partilhe
Ordem do Terço, do Porto, vai gerir a unidade transmontana, dotada com 20 camas.

Quase 10 anos após a conclusão, a unidade de Cuidados Continuados de Vinhais só agora está a receber os primeiros utentes. O equipamento, dotado com 20 camas que podem receber doentes de todo o País, esperava há uma década por acordos que permitissem a entrada em funcionamento.

"Era sempre para amanhã. Ultimamente abriu-se uma luz, que foi uma parceria com a Ordem do Terço, do Porto, para poderem gerir a unidade. Porque na altura, com as obras, ficámos financeiramente mal e sem capacidade de ombrear com as despesas associadas, como as relativas ao equipamento necessário", explicou ao CM António Alberto Rodrigues, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vinhais, responsável pela infraestrutura.

O dirigente realça o trabalho realizado ao longo dos anos por parte da Câmara de Vinhais, na luta pela abertura daquele espaço.

Esta valência está integrada na Rede Nacional de Cuidados Continuados e por isso os utentes podem ser encaminhados de qualquer ponto do território nacional.

Contudo, António Alberto Rodrigues destaca a importância para os residentes no concelho e na região: "Para quem tem parcas reformas, ir ver um familiar a Vimioso, a Miranda do Douro ou a Murça, como tem acontecido, ficava muito caro. Tinham de ir de táxi e em duas viagens ficavam sem dinheiro", explica.

PUBLICIDADE
As obras custaram, em 2009, cerca de 1,5 milhões de euros. Antes da abertura, foram investidos mais 150 mil euros em melhorias e adaptações às exigências atuais.

A entrada em funcionamento da desta valência já criou 15 postos de trabalho, número que pode aumentar. A unidade vai ser oficialmente inaugurada ainda este mês.

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE