Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

1,3 milhões pagam festas dos Santos Populares

Centenas de iniciativas gratuitas invadem a capital entre 1 de junho e 1 de julho.
Duarte Faria 24 de Maio de 2017 às 08:37
Joana Gomes Cardoso (EGEAC), Fernando Medina e Catarina Vaz Pinto durante a apresentação das Festas de Lisboa
As tradicionais marchas populares são um dos momentos mais aguardados das Festas de Lisboa
Joana Gomes Cardoso (EGEAC), Fernando Medina e Catarina Vaz Pinto durante a apresentação das Festas de Lisboa
As tradicionais marchas populares são um dos momentos mais aguardados das Festas de Lisboa
Joana Gomes Cardoso (EGEAC), Fernando Medina e Catarina Vaz Pinto durante a apresentação das Festas de Lisboa
As tradicionais marchas populares são um dos momentos mais aguardados das Festas de Lisboa
As Festas de Lisboa de 2017, que decorrem de 1 de junho a 1 de julho, contam com um orçamento de 1,3 milhões de euros, "totalmente suportado pelos patrocinados", revelou ao Correio da Manhã Joana Gomes Cardoso, presidente da Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural de Lisboa (EGEAC), organizadora do evento.

Estão previstas mais de uma centena de iniciativas, em toda a cidade, com entrada gratuita e para todas as idades, entre festivais de cinema, dança, teatro, literatura e exposições. Os tradicionais casamentos de Santo António, o desfile na avenida da Liberdade das Marchas Populares (12 de junho) e os arraiais populares são o ponto alto da programação. "É o maior, mais ambicioso e vasto programa que a cidade já apresentou", disse ontem Fernando Medina, presidente da câmara de Lisboa, durante a apresentação da edição deste ano das festas, que contarão com "as habituais medidas de segurança".

A programação arranca com um concerto da Orquestra Geração, que convida Joana Amendoeira, às 19h00 de 1 de junho, na Praça do Município. Já a 1 de julho encerram as festas, na Praça do Comércio, com um grande baile à beira rio, com atuações de grupos históricos: os Los Van Pan, de Cuba, e os Gipsy Kings, de França.

No ano em que Lisboa é a Capital Ibero-americana da Cultura, a Orquestra Gulbenkian interpreta o famoso Concerto de Aranjuez (3 de junho), e as sonoridades latinas estendem-se ao Fado no Castelo. O festival Soy Loco por Ti, America leva aos Jardins do Palácio Pimenta do Museu de Lisboa música e gastronomia do Peru, Cuba, Argentina e Brasil.

A programação está disponível em www.festasdelisboa.com.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)