Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

1600 hectares ocupados com abacate no Algarve

Plantações consomem 8500 m3 de água por hectare, caso estejam na máxima produção.
Rui Pando Gomes 2 de Setembro de 2020 às 08:16
Abacate
Abacate FOTO: Getty Images

A produção de abacate já ocupa uma área de 1600 hectares na região do Algarve. As últimas explorações agrícolas que estão a apostar neste fruto, que já é apelidado de ‘ouro verde’, estão a ser instaladas no concelho de Aljezur, onde existe uma grande preocupação devido à cada vez maior escassez de água.

Segundo o CM apurou, existem atualmente cerca de 180 explorações agrícolas que se dedicam à produção de abacate, devido ao grande aumento da procura deste fruto por países do Centro e Norte da Europa. Este tipo de agricultura consome 8500 m3 de água por cada hectare, caso as plantações estejam na máxima produção, o que corresponde a um total de 13,6 milhões de m3.

Segundo revelou ao CM Pedro Valadas Monteiro, diretor regional de Agricultura e Pescas do Algarve, "apenas 60% estão em plena produção", o que significa que em 40% das explorações "os gastos de água são cerca de metade". Por outro lado, este responsável alerta que todas estas explorações "usam sistemas de rega de precisão gota a gota", com a utilização de "tecnologias inteligentes" que garantem o menor gasto possível de água.

Em Aljezur, existem pelo menos duas explorações que estão a ser desenvolvidas na zona do Rogil, num total superior a 30 hectares, mas o CM sabe que podem surgir mais. "Estamos preocupados com o problema real da falta de água e por sabermos que existem alguns tipos de agricultura que consomem mais água do que outros", referiu ao CM José Gonçalves, presidente da Câmara de Aljezur, que manifestou a sua preocupação junto dos ministros do Ambiente e da Agricultura.

Algarve Aljezur política economia negócios e finanças questões sociais agricultura e pescas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)