Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

2,5 milhões investidos na Ponta da Piedade

Câmara quer promover o turismo de natureza e atrair mais visitantes na época baixa.
José Carlos Eusébio 9 de Março de 2017 às 08:23
Ponta da Piedade no concelho de Lagos
Ponta da Piedade no concelho de Lagos FOTO: Francisco Castelo
A Câmara de Lagos pretende efetuar um investimento de cerca de 2,5 milhões de euros na Ponta da Piedade, um dos principais ex-líbris do concelho. O projeto contempla a criação de um centro de interpretação a que será atribuído o nome da poetisa Sophia de Mello Breyner, que era uma apaixonada por aquela zona da costa algarvia.

Segundo revela a câmara, esta intervenção de requalificação da Ponta da Piedade já foi candidatada a fundos comunitários, através do FEDER, cuja comparticipação máxima é de 60%. O projeto, que contempla a construção de passeios e miradouros, tem como objetivo garantir "a conservação e valorização" daquela zona costeira, possibilitando "a melhoria das condições de acesso, conforto, segurança e informação aos turistas e visitantes".

No que se refere ao Centro de Interpretação Sophia de Mello Breyner, a autarquia salienta que o mesmo visa ajudar "a comunidade residente, turística e escolar a conhecer melhor o ambiente natural desta zona através de visitas guiadas, acompanhadas de técnicos especializados ou apenas a partir de brochuras".

A requalificação da Ponta da Piedade é uma das apostas da autarquia no sentido de potenciar "o turismo de natureza", com o propósito de atrair um "maior número de visitantes, sobretudo na época baixa".

A área alvo deste projeto de requalificação, que se estende desde a praia Dona Ana até à extremidade da Ponta da Piedade, tem uma extensão de cerca de 1,5 quilómetros. O local é um dos mais visitados do Algarve devido às características das suas formações rochosas.
Ponta da Piedade Câmara de Lagos FEDER Sophia de Mello Breyner Interpretação Algarve Dona Ana
Ver comentários