Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Aldeia do Pafarrão em festa por ter laranjas de sabor único

Citrino é uma importante fonte de riqueza de cerca de três dezenas de famílias da localidade da serra da Aire.
Isabel Jordão 4 de Março de 2016 às 06:00
Acácio Vieira é um dos produtores de laranja da aldeia de Pafarrão
Acácio Vieira é um dos produtores de laranja da aldeia de Pafarrão FOTO: Rui Miguel Pedrosa
A fama das laranjas do Pafarrão – conhecidas por serem doces, sumarentas e de casca fina – tem quase um século de história. A produção do citrino é a principal atividade da aldeia, situada entre Fátima e Torres Novas, que no próximo fim de semana acolhe a festa da laranja.

A venda do fruto é feita pelos próprios produtores à beira da Estrada Nacional nº 357, que atravessa a aldeia, em bancas instaladas para o efeito.

A banca de Acácio Vieira tem sempre "muita procura", diz o produtor, que costuma receber clientes de toda a zona Centro do País. Já Maria Beatriz garante que também vende toda a produção à beira da estrada: "Já cá ando há 25 anos, começo a vender em meados de outubro e só fecho a banca em meados de maio, quando se acaba a fruta", conta ao CM.

Os produtores, 30 no total, orgulham-se não só da qualidade do produto, mas também da frescura, já que as laranjas são colhidas de manhã cedo e vendidas no próprio dia.

"A fruta é boa, até se desfaz na boca de tão doce e sumarenta, e é apanhada sempre em cima da hora de vender, o que é diferente de andar amassada de armazém em armazém", explica Acácio Vieira.

A produção anual ronda as 250 toneladas, em setenta hectares de uma encosta da Serra de Aire, que está protegida dos ventos frios e da geada. Este microclima confere à laranja um "sabor único e uma qualidade superior, resultante do equilíbrio entre o açúcar e o ácido", assegura António Ferreira, presidente da direção da Associação Cultural, Desportiva e Recreativa (ACDR) do Pafarrão.

Nesta campanha, os produtores queixam-se de uma quebra na produção na ordem dos 50 por cento e da proliferação da mosca da fruta que fez com que se estragasse uma elevada quantidade.
Fátima Torres Novas Aldeia do Pafarrão laranjas Acácio Vieira Maria Beatriz Serra de Aire António Ferreira
Ver comentários