Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Alenquer quer acabar com ‘estrada da morte’

Trinta mortos e 60 feridos graves resultantes de 557 acidentes ao longo de 15 anos.
Carlota Rodrigues e João Saramago 17 de Março de 2018 às 09:35
Governo ainda não deu ‘fumo branco’ às obras de reabilitação da Estrada Nacional 3, no Carregado
Governo ainda não deu ‘fumo branco’ às obras de reabilitação da Estrada Nacional 3, no Carregado FOTO: Vítor Neno
A Câmara Municipal de Alenquer reclama junto do Governo uma solução para que termine com aquela que no concelho é chamada "a estrada da morte". No troço da Estrada Nacional 3, que atravessa o Carregado, morreram, ao longo dos últimos 15 anos, 30 pessoas e houve mais de 60 feridos graves em consequência de 557 acidentes, segundo números avançados pela Plataforma EN3, um grupo criado para dar voz à indignação popular face à situação na via de circulação.

O intenso tráfego de veículos pesados, as múltiplas entradas e saídas existentes, a fraca iluminação, a má pavimentação, a quantidade de transeuntes que se deslocam nas bermas da estrada e a insuficiente regulação de sinais são alguns problemas apontados pela plataforma.

No sentido de reduzir a sinistralidade na via, a Câmara Municipal de Alenquer tem em mãos um projeto para a construção de um Parque TIR que retire das bermas da EN3 e das principais ruas do Carregado os camiões mal estacionados, disse o presidente da autarquia, Pedro Folgado. O autarca aguarda ‘fumo branco’ do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, para a reabilitação da estrada e também para a construção de uma via alternativa.

O caso arrasta-se desde o ano de 2000 e remonta ao tempo em que a perspetiva de construção do aeroporto da Ota tornava viável a construção de uma Circular Externa, mas esta nunca chegou a ser uma realidade. Segundo o executivo camarário, a necessidade desta obra prende-se com as vantagens de caráter social e urbanístico que dela resultarão na resolução do caos automóvel no Carregado.
Alenquer mortos acidentes estrada da morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)