Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

ARCA revalida o título nas marchas antoninas

Associação Recreativa e Cultural de Antas foi a melhor marcha, com a melhor letra.
Liliana Rodrigues 14 de Junho de 2019 às 09:19
Desfile da ARCA permitiu a reconquista do título maior das Marchas Antoninas de Vila Nova de Famalicão
Desfile da ARCA permitiu a reconquista do título maior das Marchas Antoninas de Vila Nova de Famalicão FOTO: Direitos Reservados
"Vila Nova cidade-poema, és a estrela do Norte a brilhar, e agora tens como lema, este chão é o seu lugar".

Foi com este refrão que a Associação Recreativa e Cultural de Antas (ARCA) revalidou o título de Melhor Marcha das Antoninas de Vila Nova de Famalicão.

Celebrando o orgulho e o bairrismo famalicenses, a marcha de São Tiago de Antas voltou a impressionar o júri do espetáculo: obteve 96 pontos e conquistou ainda o prémio de ‘Melhor Letra’.

Os outros dois lugares do pódio foram ocupados pelas marchas da Associação Unidos de Avidos (95 pontos), que venceu nas categorias ‘Melhor Guarda-Roupa’, ‘Melhor Música’ e ‘Melhor Coreografia’, e pela Associação Recreativa e Cultural São Pedro de Riba d’Ave (80 pontos), vencedora do prémio de ‘Melhores Arcos’.

O Clube Recreativo Amigos de Vilarinho arrecadou o prémio de ‘Marcha Mais Popular’, atribuído pelo júri de rua, pela dinâmica e interação com o público ao longo do percurso até aos Paços do Concelho.

Este ano, Júlio Brandão - o poeta que há 150 anos nasceu em Vila Nova de Famalicão - serviu de inspiração à noite de marchas antoninas.

Ontem à noite, foram entregues os prémios às marchas, na habitual sessão de encerramento das Festas Antoninas, que decorreu no Parque da Devesa, em Famalicão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)