Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Autarca de Aljezur suspende cargo mas continua popular

José Amarelinho foi condenado pelo crime de prevaricação no licenciamento de obras.
José Carlos Eusébio 22 de Março de 2018 às 09:55
José Amarelinho foi condenado à perda de mandato e a três anos e dois meses de prisão, com pena suspensa
José Amarelinho foi condenado à perda de mandato e a três anos e dois meses de prisão, com pena suspensa FOTO: Pedro Noel da Luz
"É uma boa pessoa e um presidente trabalhador. É uma pena o que aconteceu", diz Fernando Proença, que aproveita o dia solarengo para pôr a conversa em dia com os amigos, junto ao mercado de Aljezur. Os restantes moradores que estão a seu lado também não poupam elogios a José Amarelinho, que pediu, na passada quarta-feira, a suspensão do mandato de presidente da Câmara de Aljezur.

O autarca socialista, de 51 anos, tomou esta decisão depois do Tribunal Constitucional ter rejeitado este mês uma reclamação que apresentara. Em 2012, fora condenado à perda de mandato e a três anos e dois meses de prisão, com pena suspensa mediante o pagamento de cinco mil euros à Liga para a Proteção da Natureza, por prevaricação no licenciamento de obras, em Vale da Telha. No mesmo processo, foi também condenado o ex-presidente da autarquia Manuel Marreiros.

"Só tenho coisas boas a dizer. É um homem que não pode sair ainda da câmara. Não acredito que ele tenha cometido qualquer crime", defende Fernando Pacheco, enquanto Raul José realça que se trata de "um grande amigo", frisando que o conhece "desde pequeno".

"Ele para nós é inocente. Aljezur e o Algarve vão ficar a perder muito com a sua saída da câmara", considera João Cabral, que chegou a ser seu mandatário nas eleições de 2013, adiantando que "José Amarelinho sempre teve o apoio da população, ganhando por três vezes com maioria absoluta".

O CM tentou falar com Amarelinho, sem sucesso. Na sexta-feira deverá ser formalizada a sua substituição por José Gonçalves, seu vice-presidente.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)