Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Autarcas unidos exigem eletrificação da Linha do Oeste

Alcobaça e Nazaré reclamam modernização de troços e estações nos seus territórios.
Francisco Gomes 29 de Janeiro de 2020 às 18:10
Estação de São Martinho do Porto, em Alcobaça
Estação de São Martinho do Porto, em Alcobaça FOTO: Direitos Reservados
Os municípios de Alcobaça e da Nazaré recusam ficar de fora da modernização da linha ferroviária do Oeste, que liga o Cacém, em Sintra, à Figueira da Foz, e resolveram exigir em conjunto a eletrificação dos troços que percorrem os seus territórios. Reclamam ainda a modernização das estações de São Martinho do Porto, Valado dos Frades e Pataias – Gare, nos dois concelhos.

Paulo Inácio e Walter Chicharro, respetivamente presidentes das Câmaras de Alcobaça e Nazaré, expressaram o seu "inconformismo pela omissão dos concelhos" do projeto de modernização da Linha do Oeste – cujas empreitadas apenas contemplam intervenções no troço entre Mira-Sintra-Meleças e Caldas da Rainha, num investimento de 98,9 milhões de euros.

Os autarcas sustentaram que a modernização da estação de Valado dos Frades, enquanto elo de ligação entre os seus dois concelhos, constitui "uma necessidade estratégica e vital".

Ambos os municípios manifestaram a disponibilidade para a criação de uma rede de transporte de passageiros que contemple a ligação entre a estação de Valado dos Frades e as respetivas sedes de concelho, nomeadamente com "recurso a ‘shuttles’ monocarris ou autocarros elétricos, numa lógica de mobilidade sustentável". Referem que representa "um esforço conjunto que, com a devida colaboração do Governo, permitirá tornar a estação de Valado dos Frades numa das mais importantes de toda a linha do Oeste".

Defendem que a medida deve ser encarada pelo Estado como "estratégica e essencial para o desenvolvimento social e económico" da região.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)