Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Baía de Armação de Pêra pode via ser área marinha protegida

Proposta de classificação será feita pela Câmara de Silves, com o objetivo de preservar o ecossistema subaquático.
Rui Pando Gomes 11 de Julho de 2018 às 11:03
Divespot promove ações de mergulho na zona
Recife natural alberga mais de 800 espécies de peixes e algas
Divespot promove ações de mergulho na zona
Recife natural alberga mais de 800 espécies de peixes e algas
Divespot promove ações de mergulho na zona
Recife natural alberga mais de 800 espécies de peixes e algas
O recife natural existente na baía de Armação de Pera pode vir a tornar-se numa área marinha protegida.

A proposta de classificação será feita pela Câmara de Silves, que pretende lutar pela preservação deste ecossistema subaquático que é considerado único por vários especialistas da Universidade do Algarve (UAlg).

A posição consta de um documento enviado pela autarquia à Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos no âmbito da discussão pública do Plano de Situação do Ordenamento do Espaço Marítimo Nacional.

O documento, a que o CM teve acesso, faz referência a um estudo científico do Centro de Ciências do Mar da UAlg , que identifica "o maior recife rochoso costeiro a baixa superfície de Portugal, que determina valores ecológicos ímpares no contexto da costa portuguesa". De acordo com os especialistas, o recife natural representa a "antiga linha de costa algarvia à data da última época glaciar, existindo há mais de 25 mil anos".

Para preservar esta riqueza natural, a Câmara de Silves vai avançar com uma proposta de criação de uma área marinha protegida de interesse comunitário, junto com a UAlg, a Associação de Pescadores de Armação de Pera, a Fundação Oceano Azul e a empresa de mergulho Divespot, que tem feito o registo de muitas das espécies ao longo dos últimos 15 anos.

Em defesa da proposta, a autarquia alerta que o "desenvolvimento de atividades humanas" previstas para zonas adjacentes, como "a produção aquícola ou extração de areias para alimentação de praias", podem "colocar em risco a preservação da biodiversidade".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)