Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Barcelos parou linha de muito alta tensão

Populações e câmara recusam instalação, que dizem prejudicar muito o concelho.
Liliana Rodrigues e Lusa 24 de Setembro de 2019 às 08:52
Instalação motivou diversos protestos populares, principalmente em Perelhal, Vila Seca e Macieira de Rates
Instalação motivou diversos protestos populares, principalmente em Perelhal, Vila Seca e Macieira de Rates FOTO: Nuno Cerqueira / Diário do Minho
O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga aceitou a providência cautelar interposta pela Câmara de Barcelos para a suspensão imediata de "todo e qualquer trabalho" relativo à construção de uma linha de muito alta tensão no concelho.

"Enquanto não houver decisão do tribunal, os promotores têm de dar suspensão imediata à instalação da linha", explicou ontem Horácio Barra, presidente da Assembleia Municipal de Barcelos.

A providência cautelar visa a Redes Energéticas Nacionais (REN), promotora da linha, mas também a Agência Portuguesa do Ambiente e a Direção-Geral de Energia e Geologia. A construção da linha foi emitida em março passado.

Segundo Horácio Barra, também presidente de uma comissão criada no seio da Assembleia Municipal para acompanhar todo o processo da linha de muito alta tensão, o traçado previsto "penalizaria gravemente" o concelho de Barcelos. Nesse sentido, a comissão apela à REN para suspender qualquer execução de obra e "aceitar o diálogo como meio adequado a salvaguardar os interesses das populações atingidas pelo traçado projetado, a saúde pública e os interesses do município".

O responsável entende que "com união de boas vontades, e sem prejudicar o interesse nacional, será possível garantir uma solução equilibrada para que o concelho não seja gravemente lesado". Horácio Barra sublinha que dos três traçados que estiveram em cima da mesa foi escolhido "o mais gravoso" para Barcelos e que afeta sobretudo Perelhal, Vila Seca e Macieira de Rates, mas no total serão "penalizadas" mais de duas dezenas de freguesias.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)