Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Barragem da Foupana chumbada pelo Governo

Agricultores e criadores de gado reclamam a construção de barragem para acabar com escassez de água.
José Carlos Eusébio 13 de Fevereiro de 2018 às 09:44
Barragem de Odeleite
Barragem de Odeleite FOTO: Nuno Alfarrobinha
A construção da barragem da Foupana, entre Castro Marim e Alcoutim, é reclamada há muito tempo, sendo apontada por agricultores e criadores de gado do Nordeste algarvio como solução para minorar os efeitos da seca prolongada que tem afetado aquela zona. Mas esta pretensão foi agora afastada pelo Governo.

"Não está prevista, neste momento, a construção de qualquer grande barragem, complementar às de Odeleite e Beliche, na ribeira da Foupana", explica o Ministério do Ambiente, numa resposta a questões colocadas pelo deputado Paulo Sá (PCP), a que o CM teve acesso.

Segundo o Governo, "a questão do sequeiro não se resolve com a constituição de novas origens de água e as dificuldades no abeberamento dos animais não resultam da falta de água generalizada na zona, mas sim do esgotamento de pequenas origens particulares e da consequente necessidade de fazer o transporte da água".

O Ministério do Ambiente garante que nos concelhos de Castro Marim e Alcoutim já "existem centenas de pequenas barragens de terra particulares e cerca de uma dezena de barragens de maiores dimensões", que podem contribuir "para a resolução das situações de escassez num território tão vasto e com uma ocupação tão dispersa como este".

A escassez de água criou, nos últimos meses, dificuldades para os criadores conseguirem dar de beber aos animais e deixou extensas zonas sem vegetação. Até alguns exploradores de zonas turísticas de caça cinegética tiveram de recorrer a autotanques para transportar água para encher as charcas.
barragem foupana governo algarve
Ver comentários