Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Bombeiros foram a teste na barragem do Lindoso

Simulacro envolveu 37 elementos das corporações de Ponte da Barca, Ponte de Lima e Arcos de Valdevez.
Ana Silva Monteiro 28 de Novembro de 2019 às 08:57
Bombeiros durante o simulacro
Comunicação e acessos foram desafios
Bombeiros durante o simulacro
Comunicação e acessos foram desafios
Bombeiros durante o simulacro
Comunicação e acessos foram desafios
Trinta e sete bombeiros das corporações de Ponte da Barca, Ponte de Lima e Arcos de Valdevez realizaram, na passada segunda-feira, um simulacro no aproveitamento hidroelétrico da barragem do Alto Lindoso. Foram apresentados aos bombeiros dois cenários. Num deles, a simulação de uma explosão seguida de incêndio num transformador localizado junto a zona de turbinas. No outro, o socorro e resgate de duas vítimas a centenas de metros de profundidade.

"Os exercícios foram importantes para as corporações envolvidas e, ao mesmo tempo, testou o plano de emergência de uma das infraestruturas mais importantes da região. Foi a primeira vez que se realizou um simulacro na barragem. Algo inédito, com o qual aprendemos muito", referiu Filipe Guimarães, comandante dos Bombeiros de Arcos de Valdevez.

Com um cenário com características muito próprias, os operacionais envolvidos nos exercícios depararam-se com algumas complicações . "O exercício decorreu a mais de 350 metros de profundidade. Tivemos algumas dificuldades, tanto nas comunicações como nos acessos", acrescentou.

O simulacro foi importante para que os operacionais conseguissem perceber que medidas devem adotar caso exista uma situação real. O exercício foi acompanhado por uma equipa da EDP, pela Câmara Municipal de Ponte da Barca e pelo Comando Distrital da Proteção Civil de Viana do Castelo.
"A proposta para este simulacro surgiu pela EDP e mostrou mais uma vez que os bombeiros têm uma capacidade incrível de se adaptarem às novas situações e dar respostas", disse o comandante dos bombeiros.
Alto Lindoso Arcos de Valdevez Ponte da Barca Ponte de Lima EDP acidentes e desastres organizações de socorro
Ver comentários