"Burocratização do sistema atrasa ajudas", diz presidente da Câmara de Monchique sobre fogos

Iniciativa do CM pretende que os fogos não sejam só uma preocupação sazonal.
Por Diana Santos Gomez|03.10.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Há excesso de burocracia que atrasa o processo para a população obter alguns apoios do Governo, algumas medidas não são bem direcionadas, e podem levar a que as pessoas desistam de candidatar-se."

As palavras são de Rui André, presidente da Câmara de Monchique, que considera que, apesar dos esforços da autarquia para ultrapassar os processos burocráticos das candidaturas, em termos práticos as ajudas continuam por chegar a quem precisa.

Esta foi uma das ideias-chave retirada da conferência promovida pelo Correio da Manhã, ‘CM Não Esquece’, que decorreu esta terça-feira na Universidade do Algarve, em Faro, com o objetivo de não deixar que as consequências dos incêndios em Portugal sejam esquecidas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!